A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Reclamação na ponta da língua

with 4 comments

A maioria das pessoas tem um péssimo hábito: o de reclamar de tudo! Não importa o que aconteça, a reclamação está ali na ponta da língua para os mais diversos acontecimentos. E de tão cotidiano que isso se tornou ninguém mais se espanta com esse tipo de comportamento.

Ok, concordo que por muitas vezes as reclamações são justas e devidas. Isso é um ato democrático e consciente dos seus direitos e deveres. Do que está certo e o que está errado. Justo e inquestionável. No entanto, há aqueles que reclamam além da conta!

Tem os que reclamam a toa, sem analisar com fatos com coerência e disciplina. Acham que são injustiçados pela vida, desafortunados pela sorte, mas no fundo não passam de chatos. É isso mesmo: chatos melancólicos ou se preferir, pessimistas que vivem com uma nuvem preta em cima da cabeça.

Esses maus agouros não conseguem ter um pensamento positivo se quer e anulam inevitavelmente qualquer tipo de energia benéfica ou sensação de bem estar. Não entendem que por muitas vezes uma situação desagradável pode ter uma conseqüência muita positiva no futuro. Nem tudo que achamos ruim é necessariamente prejudicial.

Temos que parar de pensar limitado e ter uma perspectiva a curto prazo. Viver é fundamental e procurar calcular cada passo é muito robótico, tirando toda a humanidade das relações. Não devemos esperar demais da vida nem das pessoas, mas também não podemos ficar lamentando as coisas que não saíram do jeito que a gente queria.

Reclamar muitas vezes se faz desnecessário porque simplesmente não adianta. É um fato e determinados fatos não tem solução ou explicação. São fatos consumados. O ato de se desgastar com palavras que não mudarão os acontecimentos é uma atitude vazia.

Devemos pensar duas vezes antes de colocar na ponta da língua pensamentos de irritação e frustração, porque não há nada mais incômodo do que se tornar uma pessoa indesejada nas rodas sociais ou de amigos. O resultado pode ser desastroso para os relacionamentos de forma em geral.

Diz a lenda que existem aqueles que reclamam de barriga cheia e esse com certeza é uma das grandes verdades da natureza. Tem os que reclamam por reclamar. Só para ser diferente ou excêntrico. Pura falta do que fazer ou mentes em estado vegetativo.

Porém, há os que reclamam por convicção, como se fosse um ofício, uma profissão com carteira assinada. Esses se um dia não reclamarem de alguma coisa cairão de cama, doentes em um leito de hospital.

De uma forma ou outra, sendo um reclamão de ocasião, de situação ou por paixão o fato é que não se tem condições de manter uma postura agressiva o tempo todo. É preciso fechar os olhos, relaxar e ver o outro lado da moeda, as diversas verdades, as filosofias da alma e do coração.

Anúncios

Written by Babi Arruda

28/09/2011 às 13:27

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. reclamam de coisas pífias e fazem vistas grossas para coisas importantes.
    se me atinge, eu reclamo. se atinge o bairro vizinho, não. é assim que as pessoas pensam.

    • Vc disse tudo querido: “reclamam de coisas pífias e fazem vistas grossas para coisas importantes.”

      Não tenho o que completar. Vc resumiu em uma frase meu pensamento.

      Mais uma vez obrigada pela visita =)

      Beijão

      Babi Arruda

      28/09/2011 at 13:44

  2. Vou reclamar de não ter sido citado como o Reclamão que te inspirou em reclamar de quem reclama.

    O que eu concordo com você, por exemplo, é que tem gente que passa o dia só reclamando. Como se as outras pessoas não tivessem preocupações ou problemas da mesma forma, quiçá, piores.

    Gente assim,que só aparece para falar mal ou reclamar devia começar a observar o lado bom das coisas, analisar se realmente os outros é que sempre estão errados.

    Gostei do texto Babi. 🙂

    Raphael Evangelista

    28/09/2011 at 16:25

  3. Oh, dia! Oh, vida! Oh, azar! Como tem gente “reclamona”, incrível! Nada está bom, nada está ao agrado, o coração é fechado e a visão…ah, a visão é de “águia” para apontar os erros e reclamar – mas pena que só enxerguem parcialmente.

    Eu tinha um vizinho que reclamava de tudo. Ninguém o suportava – e quem aguenta? Acabou seus dias solitário, afastou até mesmo os familiares de seu convívio. Tornou-se um velho ranzinza, infelizmente. E ainda, imagine, reclamava do abandono.

    Que temos “n” motivos para reclamar todos os dias de alguns serviços e situações, isso é verdade…mas não precisamos exagerar, não é?

    bj!

    Jaime Guimarães

    30/09/2011 at 14:19


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: