A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Não me importa

with 7 comments

Eu sei que você não ouve. Talvez simplesmente não se importe em escutar. Ou então é um fator inalienável a sua personalidade. A mim não importa porque de uma maneira ou outra farei você me ouvir nem que seja por alguns segundos apenas, mas minha voz não será silenciada com a sua covardia.

E nem ficarei intimidada sob a luz dos holofotes que iluminam tua persona. Aliás, ela não me importa mais como também seus discursos evasivos de uma consciência distorcida. Desculpa para o cômodo de sua natureza narcisista, frágil e conveniente. Sim, é isso e nada a menos.

Espelhos! Sua vida é cheia de espelhos e contradições. Viver a vida alheia é estar na  zona de conforto. É seguro!

É muito fácil usar a retória, a oratória e depois dar as costas. Falar de parodoxos e paradigmas para quem mal sabe definir a imagem refletida no espelho. Espelhos. Você vive de espelhos distorcidos.  Ensaios de versos e prosas, tudo ensaiado como os desfiles dos dias de carnaval.

Às vezes parece tão real. Somente às vezes. Basta um olhar mais profundo, um fragmento de palavras ou então uma olhada no passado para saber que é tudo mimetismo. O tempo talvez mude as ações previsíveis de ostentações. Talvez, mas os jogos são tão excitantes e viciantes.

Mas agora já não me importa mais suas teses vazias de conteúdo e cheia de personagens. Agora tudo o que você fizer ou disser não me importa mais. O tempo passou e você não quis me ouvir porque talvez nunca tenha se importado com coisa alguma ou com alguma coisa além das percepções do seu próprio ego.

Anúncios

Written by Babi Arruda

17/08/2010 às 12:11

Publicado em Prosas

Tagged with , , , , ,

7 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Adorei seu blog!
    Está de parabéns 🙂

    ;*

    palavrasereticencias

    17/08/2010 at 14:59

  2. Amei esse texto…. não tenho nem o que comentar!!! 🙂

    Carla Cavalcante

    17/08/2010 at 17:39

  3. Pelo visto se importa sim, mais do que imagina…
    bjinhos

    Thiago Peixoto

    17/08/2010 at 17:40

  4. Oi Palavras,

    Que bom que gostou…mto obrigada…volte sempre 😉

    Beijos

    Babi Arruda

    17/08/2010 at 17:44

  5. Fico feliz que tenha gostado Carla…às vezes só precisamos parar de nos importar. Aí as coisas se ecaixam, fluem. Complicamos muito nos importando com grandes coisas quando na verdade pequenos detalhes é que fazem toda a diferença.

    Você estava sumida do blog…volte mais vezes 🙂

    Beijocas

    Babi Arruda

    17/08/2010 at 17:46

  6. Thiago…

    Me importo com o que devo me importar. Mas a importância que um dia dei não mais existe, ela morreu junto com minhas lágrimas.

    Um dia as coisas deixam de ter importância 😉

    Beijão gato!

    Babi Arruda

    17/08/2010 at 17:50

  7. Verdade isso, na maioria das vezes são os detalhes que fazem toda a diferença, e não estou sumida, só não postei comentários, mas leio todos os textos 🙂

    Carla Cavalcante

    17/08/2010 at 17:54


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: