A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Pirataria das emoções

with 2 comments

O que encontramos ao sair à rua? Cordialidades? Sim, mesmo com as agressividades causadas pelo stress. Sorrisos e mais sorrisos? Porém, o quão branco são esses sorrisos?! O que mais vejo por aí são sorrisos amarelados, aqueles corroídos pela hipocrisia cotidiana. Nada mais enfadonho do que receber um sorriso falso e desconcertante.

Isso virou moda porque alguém andou ensinando que ser verdadeiro e espontâneo não pode. É contra as regras do socialmente aceitável. A prática do mercado não é esta e que estar dentro dos padrões do politicamente correto é o que faz de você um ser humano decente.

Com todo esse blá blá blá criamos monstros, seres altamente capacitados para exalar o falso e a caminhar ao lado da mediocridade, da hipocrisia. Uma sociedade baseada na pirataria das emoções, incapaz de colocar as máscaras de lado e olhar o próximo de frente.

Apertos de mãos, gentilezas, convites educados. Nada disso tem valor se realmente não for feito de coração. E infelizmente as pessoas preferem se enganar, achando que atitudes hipócritas são válidas para contabilizar no caderninho de boas ações.

Honestamente não tenho muita tolerância para pessoas que agem dessa forma. Costumam não fazer parte do meu universo particular. Questão de princípios. O meu conceito de qualidade de vida não combina com falsidade. Gosto de coisas legítimas, autênticas, originais. Sempre vêem com selo de garantia e confiabilidade. Aliás, confiança para mim é a base de tudo. Gosto de um chão firme para pisar.

E eu me pergunto: Por que ser hipócrita? O que se ganha com isso? Qual o objetivo alcançado com esse tipo de comportamento limitado e mesquinho? Não consigo enxergar qualquer benefício se quer. Apenas vejo mágoas, decepções, frustrações e um longo caminho de aprendizado, eliminando as ilusões da forma mais dolorosa.

No entanto, sei que é muito difícil lidar com as limitações das outras pessoas, principalmente quando elas nos prejudicam ou magoam de alguma forma. O jeito é tentar aceitar o outro como ele é, mesmo estando completamente equivocado nas suas escolhas, no seu estilo de vida.

Mas lembre-se que o fato de compreender não faz com que se deva conviver ou até mesmo compactuar com atitudes repugnantes. Cada um faz o que quer. O meu sorriso é branco e não pirateio minhas emoções, muito menos minhas convicções. Por isso é muito importante deixar esses limites bem claros.

Anúncios

Written by Babi Arruda

03/08/2010 às 10:33

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Ser autêntica significa desagradar muita gente pelo caminho. Mesmo assim, prefiro desagradar aos outros e agradar a mim mesma…

    Como diria o grande Charles Chaplin:

    “Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável, pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo. Hoje sei que se chama amor-próprio.”

    Beijinhos

  2. como você Babi pra mim confiança também é a base de tudo, mesmo assim temos que conviver com outras pessoas que parecem ou não e no fundo são falsas e o pior que acham que isso é certo, hoje em dia isso ocorre com mais frequência ainda e é mais comum de se ver…

    mais um belo texto, já estava com saudade de vir aqui ler mais um, Beijus Babi

    Edy

    18/08/2010 at 21:11


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: