A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Peculiar

with one comment

Deixo claro que nem tudo que escrevo são situações minhas, sentimentos meus. Eu vivo de palavras e da combinação delas. Múltipla, diversa, pluralista como o grande mestre Pessoa.

Nada tenho feito além de vigiar meus pensamentos. A cada manhã que chega uma nova ideia, uma nova aproximação surreal. Utopia por certo. Fim da lógica e do bom senso. O melhor de tudo é que não estou nem aí pra isso ou aquilo. Só quero divagar meu consciente.

Várias facetas literárias. Diversas contradições de alma.

Sentir falta do desconhecido é no mínimo peculiar. Insensato e passional. Mas afinal, o que seria gratificante se não fossem essas confusões do inconsciente? Nada mais monótono que a mesmisse do cotidiano e a fragilidade dos pré-conceitos. Vou continuar acreditando na minha peculiaridade. De alguma forma ela é instigante ou apenas interessante.

Estranho, mágico e intangível, por enquanto! Até quando uma incógnita, apenas um desejo incontrolável, nítido, sufocante. Tempo. Irrevogável preposto. Enquanto isso escrevo estes versos para silenciar minha passionalidade.

Anúncios

Written by Babi Arruda

04/05/2010 às 15:20

Publicado em Prosas

Tagged with , , , ,

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Ai que vontade de ir até ai te abraçar.
    Te amo, sempre!

    Helô

    04/05/2010 at 19:12


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: