A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Abstrai

with 2 comments

Sons, luzes, agitação, irritação! Coração a mil, nervos a flor da pele, palpitações e ansiedades. Esse é o diagnóstico da nossa sociedade, fragilizada pelas pressões cotidianas e os novos paradigmas do comportamento social.

Tudo é pressionado e empurrado goela abaixo. Exige-se cada vez mais de um indivíduo, que por muitas vezes, fica sem escolha de uma vida saudável e prazerosa. A qualidade de vida está num patamar de sonhos e idealizações, e não de uma realidade possível e palpável.

Polivalente, multidisciplinar. Essas são as palavras do momento, que sintetizam tudo que os outros esperam de você. Alguém que faz de tudo e mais um pouco, capaz de abdicar da própria vida, se desgastando fisicamente, mentalmente e principalmente, emocionalmente.

As pessoas precisam aprender a viver um passo de cada vez, aproveitar o momento presente e sentir o hoje transformando delicadamente os sentimentos e as ações. Não há porque se precipitar, acelerar o processo das coisas. Deixe tudo acontecer naturalmente. Quando menos se esperar os problemas estarão resolvidos, as dores esquecidas e as esperanças mais uma vez renovadas.

Em cada passo estão novas idéias, novos projetos, novas pessoas e novas emoções.

Só o tempo é capaz de colocar tudo no lugar certo, do jeitinho que precisamos. Lembre-se disso: da forma que precisamos para ser feliz e não da forma que o nosso mimo quer. Somos seres egoístas por natureza e por causa disso muitas vezes sobrecarregamos nossas metas e objetivos com coisas que simplesmente não deviam constar em nossa listinha seleta.

O grande lance é abstrair. Sim, abstraia das pessoas, das coisas e das situações. Deixe todas as questões que te aborrecem de lado. Você tem alguma solução para elas? Se a resposta for não, esquece! Abstrai!

Aprenda a selecionar as coisas na sua vida com critérios maduros, conscientes e democráticos. Não absorva tudo achando que é o super-homem ou a super-mulher. Eles não existem e as consequências dessa super lotação de atividades é a perda parcial ou senão total do seu bem-estar.

Não se estresse com pequenos problemas. Tente contorná-los com diplomacia. Se eles realmente não tiverem um impacto considerável nos seus propósitos a curto prazo, ignore-os. Guarde-os numa gaveta e só volte a abri-la quando você tiver condições de resolvê-los. Não se atropele.

Tenha paciência e saiba aproveitar as novas oportunidades oferecidas pela vida. Elas podem te surpreender de maneira positiva. Algo inesperado que vai fazer com que você se sinta extraordinariamente bem e feliz. Pronto! Isso é o suficiente para melhorar sua qualidade de vida. É simples, só basta abstrair!

Anúncios

Written by Babi Arruda

20/04/2010 às 11:34

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Eu estou atrás de leveza, não levar tudo tão a sério. Nem situações, nem pessoas.
    Infelizmente nem todas situações ou pessoas são passíveis de abstrações sem reações conflitantes ou ações negativas.
    Negligenciar é diferente de ver a situação com mais paciências e sabedoria, sem reações precipitadas baseadas em medo, ansiedade ou pressão.
    Beijos.

    pachaurbano

    20/04/2010 at 14:42

  2. Estou na mesma busca que você. Isso é absolutamente necessário para mim. Eu vou achar esta leveza, esta brisa para me carinhar a face e o coração.

    Babi Arruda

    20/04/2010 at 14:54


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: