A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Um dia

leave a comment »

dia

Se um dia por acaso

Perguntares a mim porque choro,

Responderei me perdoe,

Pois, se em um único dia de minha vida não lamentar tua perda

Serei um cadáver podre em tuas mãos.

A boca que um dia tive em meu corpo

Queimará em indiferença sobre tua consciência,

Que hesitará meu olhar suplicando colo.

A dor existirá até que minha sombra se encontre lúcida.

Não, não falo de desencontros de tua alma, mas de tua frágil percepção,

Da manipulação de teus sentidos, da doce criança que reside em você.

Tu não lamentarás nenhum dia.

Minha partida é teu desejo,

Teu desejo de liberdade.

Sentirás saudade não de minha boca, mas da ilusão que lhe proporcionei.

E a cada dia que lembrares das esperanças perdidas,

Cuspirá em meu nome e amaldiçoará nossa derrota.

Quando a solidão levar embora esta mágoa, erguerei um altar para ti,

Para eu reconhecer nas lamas de minhas falidas convicções,

Que eu não poderia ser tua.

Sua estúpida rejeição, minha estúpida complacência.

Não se tornes nocivo,

Pois sou o pior dos venenos por não conhecer a mim mesma.

Desejo um dia tua boca de volta em meu corpo,

Para que eu possa despir a velha consciência de ser réptil,

E construir a relação mais pornográfica de amor e ódio,

Conduzindo o teu corpo menino, para as loucuras mais insanas da perversidade humana.

Porém, se um dia olhares para trás e não encontrares minha boca,

Por favor, não lamentes de não tê-la beijado.

 

*Publicado em 13/02/2009

Anúncios

Written by Babi Arruda

27/10/2009 às 12:09

Publicado em Poesias

Tagged with , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: