A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

Picadeiro

leave a comment »

picadeiro

Que a vida tome em seus braços…

E me transforme em morte quente

O corpo em decomposição acaricia seus lábios

Vence a terra e renasce água límpida, cristalina, insípida.

Teus olhos no horizonte aterram meus desejos.

E tua boca murmure suspira em outras.

No teu leito de glórias,

Deitei-me em derrotas.

Súbitos gritos do picadeiro da alegria

Encerra-se sem ato, sem tino

A linha final da comédia.

 

*Publicado em 26/03/2009

Anúncios

Written by Babi Arruda

27/10/2009 às 17:42

Publicado em Poesias

Tagged with , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: