A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

A última bolacha do pacote

leave a comment »

bolacha

Quando penso que já vi de tudo nessa vida, sempre aparece alguém com atitudes que deixaria qualquer malandro de cabelo em pé. E vou dizer que ultimamente não são poucas as coisas que tem me surpreendido: uma falta de bom senso, uma falta de bom gosto, uma falta de boa vontade, enfim, muita falta de vergonha na cara!

 

As pessoas vivem como se fossem seres únicos dentro desse imenso universo. O resto da humanidade é um simples acessório, adereço decorativo que só existe para fazer número. Elas simplesmente se acham à última bolacha do pacote. Isso mesmo, aquela bolachinha recheada, única e por isso, a mais gostosa.

 

Sem a mínima noção de espaço, elas só conseguem enxergar até os limites do próprio umbigo, não se importando com o mundo a sua volta. Fazem o que querem sem dor na consciência, quer dizer, sem consciência porque a última coisa que essas pessoas têm é crise sentimental. Elas ficam tão submersas na própria soberba que sentimentalismo é clichê barato de gente chata.

 

Esses indivíduos ao nascerem deviam receber uma placa de aviso com os seguintes dizeres: “Cuidado para não tropeçar….no próprio orgulho”! Pois é, como diz o velho ditado, quanto maior é a altura, maior é a queda! Elas vivem num universo paralelo, cheio de ilusões, fantasias criadas por uma mente frágil e infantil.

 

Infelizmente elas sofrem muito ao longo da vida quando simplesmente descobrem que não são o supra-sumo do momento. E quando isso acontece, ai meu Deus do céu! Minha Nossa Senhora Maria José! Como pode ser?! Tem certeza seu moço?! Não sou a sensação do momento?! Eu, uma diva (o) mega star internacional?! Ahhh acho que o senhor está enganado!!!

 

A realidade é inaceitável, a verdade um paradoxo e a lógica uma metáfora. Esse é o preço da vaidade, esse é o cotidiano da prepotência!

 

E lhe dar com essas pessoas no dia-a-dia é uma missão que nem o Exterminador do Futuro aceitaria! Uma luta árdua que se bobear o Balboa perde por pontos! Muito sério isso! Não existe nada pior que a ignorância para com o próximo, com o achismo de se achar o melhor, o irrepreensível, o mais correto, acima do bem e do mal.

 

Ninguém está livre de erros e equívocos. Faz parte da natureza humana errar, cair, se levantar e aprender de novo aquilo que não foi assimilado na primeira aula. O orgulho não faz com que você aprenda a lição, ele só aumenta sua tarefa de casa!

 

Por isso, não adianta olhar de cima para baixo, apontar o dedo no nariz ou simplesmente criticar o que o vizinho faz ou deixa de fazer. É necessário destruir as ilusões e se livrar do que existe de caquético dentro de nós! Infelizmente, só não consigo deixar de sentir pena e uma tristeza profunda pela forma que as bolachinhas recheiam suas vidas.

 

E agora a verdade nua e crua, sem máscaras, fetiches e pleonasmos: aos orgulhosos fica na boca o sabor amargo de solidão e desespero. Aos soberbos o vazio das palavras. Aos prepotentes a certeza de serem medíocres e aos vaidosos a futilidade de uma beleza decadente.

 

*Publicado em 29/02/2008

Anúncios

Written by Babi Arruda

21/10/2009 às 19:40

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: