A Esperança da Caixa de Pandora

Apesar de todo o caos ela existe!

A verdade sobre as mentiras

with 22 comments

Agora é um hábito. Tão comum que nem se percebe mais sua presença. Sim, cada vez mais ela faz parte do cotidiano e todo mundo acha normal. Uma inversão de estado de consciência que alienam as pessoas dentro do seu quadrado limitado. Hoje a verdade não é mais soberana e a mentira toma conta dessa lacuna deixada pelos ideais de transparência.

Parece que esse país se acostumou com ela. Na imprensa, na política, no dia-a-dia as coisas giram em torno de histórias mal contadas, revelações apocalípticas e uma falta de referência absurda do real. Sinceramente a mentira anda tão bem elaborada que se acredita que ela seja uma verdade essencial.

Não há mais padrões de sanidade para a realidade. Ela anda tão subjetiva que chega a ser duvidosa e essa inquietação prolifera, orquestrada por fábulas e gestos imaginários. Ninguém mais liga para a verdade, na verdade!

É mais cômodo e menos trabalhoso mentir. Não pense que elaborar histórias mirabolantes é o único jeito que existe para a mentira. Ela vai muito mais além. Ela toma conta de todo um processo evolutivo de imagem e percepção.

A mentira é uma desconstrução do real, uma deturpação de sentidos, de valores, um fingimento consciente daquilo que você não é. Praticamente olhar para a realidade e não aceitar suas sentenças, preferindo alternativas sutis. Ver a verdade nua e crua pode ser muito doloroso. Aceitá-la é praticamente uma ironia para a maioria.

Por isso é mais fácil abraçar a hipocrisia, ela não te confronta, não instiga seus medos nem faz você chorar diante do espelho. Com certeza ela alimenta suas ilusões e acrescenta enredos, tramas e contos nas suas fantasias.

A verdade sobre as mentiras é que é tudo meio clichê, blasé e simples demais. O difícil é encarar sua natureza e expô-la sem roupagem ou rotulagem. Uma entrega rara que poucos são capazes de fazer.

Mentir é uma arte muito bem executada por imbecis de si mesmos, que acreditam nas próprias mentiras como verdades universais. A mentira caminha de mãos dadas com a distorção, flerta sem pudores com a omissão da consciência e desperta uma libido insaciável naqueles que vivem em negação.

Infelizmente a verdade se tornou obsoleta e a mentira se tornou a verdade numa concepção simplista de enganos da persona e alienação do ego social.

About these ads

Written by Babi Arruda

02/12/2010 at 13:06

22 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Não existe mentira aceitável. Mentira é mentira. Pequena ou grande. E tenho dito.

    @amanda_arm

    02/12/2010 at 13:23

    • Mas infelizmente tem gente que acredita nas próprias mentiras como sendo verdades absolutas. Complicado!

      Bjs

      Babi Arruda

      02/12/2010 at 16:45

  2. A mentira está aí para quem quiser ver…e estamos tão acostumados com ela q quando alguem fala a verdade já achamos q estão mentindo…

    Naya

    02/12/2010 at 13:34

    • Esse é o maior desafio: saber distinguir verdades e mentiras. O ser humano está ficando muito complexo (ou mais mentiroso) =/

      Bjs

      Babi Arruda

      02/12/2010 at 16:46

  3. Bom. Eu não definiria a mentira tão bem.
    Apenas de existir no mundo mais de 6,5 Bi de mentirosos existem alguns poucos desbravadores da verdadeira verdade e sinceridade.
    No Brasil a cultura é bem clara: quem mente é esssperto e quem fala a verdade é bobo, trouxa.
    Acho que quem não gosta da verdade é o mentiroso principalmente quando ele é pego ou pressionado.

    Mas eu acho que estamos longe de nos livrarmos destes doentes mentirosos.

    Parabens pelo blog.

    André Parra Soós

    03/12/2010 at 08:24

    • Infelizmente o mundo anda mentiroso demais e hj não sabemos mais distinguir o que é verdadeiro, o que é real. Esse é o desafio da nossa sociedade atualmente.

      Muito obrigada pela visita e seja sempre bem vindo =)

      Beijos

      Babi Arruda

      03/12/2010 at 09:17

  4. A verdade é que todo mundo mente e ainda assim ninguém sabe ver quando um outro alguém mente. E a mentira nem sempre é considerada grave, pois deveria. É uma das piores atitudes, a porta de entrada para o que há de errado em uma concepção de caráter humano.

    belo texto!

    Raphael Evangelista

    03/12/2010 at 09:18

    • Hj vale a máxima do House: Everybody lies! O mundo é uma mentira e hj particularmente isso está me incomodando mais do que nunca. Não custa falar a verdade, mas as pessoas não estão nem aí para elas mesmas, quiça para outrem.

      Obrigada querido =*

      Babi Arruda

      03/12/2010 at 09:23

  5. Concordo com o Raphael. Todo mundo mente. Sem as mentiras acho que a verdade não seria sua contra-parte. Colocar a verdade num pedestal como se fosse algo universal é um engano.

    A verdade é tão individual como a mentira. Então, de quem é a culpa? Do mentiroso ou do imbecil que não se enxerga (ou não enxarga sua verdade) e cai pela mentira, alimentando uma ilusão externa?

    Guz

    03/12/2010 at 13:31

    • Entendo seu ponto de vista e concordo que a verdade é relativa, porém certas verdades são únicas, não havendo outro tipo de interpretação. Aqui você também cai no esteriótipo do mentiroso e do imbecil. Nem sempre aquele que é enganado é imbecil ou se deixou iludir pq existem aqueles que são pilantras profissionais. E aí, quem vive num ilusão?!

      Obrigada pela visita Guz. Um comentário seu é uma honra ;)

      Babi Arruda

      06/12/2010 at 15:59

      • Não concordo… “Pilantras profissionais” ou mentiras da vida cotidiana para enganar outros não caem nesse conceito. “Falar a verdade” ou “mentir” é diferente de “verdade” das coisas. Ainda acho que a verdade em si é individual (e passível de termos e conceitos), e que, em algum ponto, se estamos sendo ou fomos enganados, é porque nos dispomos a isso (direta ou indiretamente através de várias pequenas ações em cadeia que nos fazem até esquecer do porque estamos onde estamos).

        E afirmar que verdades são únicas… Isso é inocência e querer acreditar que sociedade é algo certo e perdurador. Novamente, essas “verdades únicas” são conceitos, onde todos vivem de acordo come esses mesmos conceitos. Mas isso é longe de ser a “verdade”, justamente, pq ela é individual. O que temos é um monte de conceitos individuais expostos uns aos outros, onde concordamos e discordamos de vários, tentando fazer uma “média da verdade” para vivermos em harmonia.

        Mas no fim, somente tendo certeza de você mesmo (da sua verdade), há um consenso grupal. Sem mudar o micro, não se muda o macro. Sem mudar a você mesmo, não se muda o entorno.

        Guz

        06/12/2010 at 17:06

  6. hm… a mentira nasceu com o mundo, foi necessária para sobrevivência de espécies e principalmente dos humanos…hoje já a encaro como uma defesa de interesses que infelizmente está bem acima da nossa capacidade de gostar ou não dela.

    Cafeína

    03/12/2010 at 16:52

    • Pois é, esse é um assunto extremamente complexo porque ela está intrincada na personalidade dos seres humanos: “everybody lies”. Porém, até que ponto isso é saudável? Até onde podemos classificar as verdades e mentiras como adjetivos consumíveis ao cotidiano sem ser hipócrita ou falso moralismo ou mecanimacamente aceitável?

      Bjs

      Babi Arruda

      06/12/2010 at 16:14

  7. Felizes aqueles que conseguem viver sustentando o menor numero de mentiras possíveis no seu curriculo. Infelizmente os valores da nossa sociedade faz com que tyenhamos que mentir em determinadas situações, por motivos dos quais soh quem entende eh quem mentiu. Eu gosto da verdade, por mais absurda que seja, mas respeito algumas mentiras inventadas, pois algumas pessoas não sabem lidar com a verdade no momento em que ela se apresenta, ai se prendem nisso, principalmente por amor.

    Thiago Peixoto

    04/12/2010 at 11:46

    • Sim, felizes são aqueles que conseguem viver sem estar apegado a máscaras! Mas sabemos que por questão de sobrevivência somos obrigados a manter o mínimo de máscar possível. O cuidado que devemos ter é retirá-la quando nos olharmos ao espelho. Eu sempre preferi uma verdade dura e concreta do que mentiras inventadas, pois elas na sua maioria levam a ilusão, principalmente no amor onde tudo se perde e se mistura…razão e emoção.

      Bjs

      Babi Arruda

      06/12/2010 at 16:19

  8. Como diz um de meus autores preferidos: “A mentira é apenas uma verdade que não aconteceu”

    Eu sou totalmente a favor da mentira como instrumento social. Ela faz sim parte do comportamento humano e não acho 100% condenável. As vezes poupa tanta dor quanto um Valium.

    Acho muito fácil esse discurso moralista sobre a mentira. Mas ele não leva em conta que a verdade e mentira de qualquer coisa não são conceitos absolutos.

    Pessoalmente, eu tenho enorme facilidade para mentir para estranhos e uma imensa dificuldade de mentir para as pessoas que eu gosto.

    Mas enfim, ja escrevi demais pra um comentário.

    Independente do conteúdo… Babi, o texto tá muito bem escrito, como sempre. Parabéns

    (e aí, todo esse comentário foi verdade ou mentira?)

    Luciana

    04/12/2010 at 16:55

    • Hahahahahaha Lu você é demais e eu não espera menos de você nesse comentário!

      Sim, nada é absoluto e a sociedade exige máscaras. Só não podemos esquecê-la apega a cara quando nos olharmos no espelho. Para mim a verdade não é um a questão moralista, mas sim uma forma de vida que tento levar o mais pura possível. Antes uma dor que destrua uma ilusão do que uma felicidade inventada, mas entendo seu ponto de vista, apesar de não concordar muito com ele kkk

      Obrigada Lu…um elogio de vc é realmente um elogio e eu sei que é verdadeiro =P

      Beijos

      Babi Arruda

      06/12/2010 at 16:30

  9. A mentira se tornou mais comum, pois cada dia mais, as pessoas estão inconformadas com o que realmente são! ridículo isso…

    @LeandroBaM

    06/12/2010 at 09:18

    • Hoje em dia é difícil ver com os olhos de ver e enxergar quem realmente está a sua frente ;)

      Obrigada pela visita querido =***

      Babi Arruda

      06/12/2010 at 16:31

  10. mentira e um pecado q msm a depois vc ter flado a verdade isso doi e muito entao vc n pode mentir pra qualquer um e nem pra ninguem alguns erros sao imperduavel

    12 anos

    bjkas

    victoria

    24/03/2011 at 17:58

  11. pense antes de fazer burrada

    victoria

    24/03/2011 at 17:59


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 46 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: